Jesus, num discurso na sinagoga em Cafarnaum, falou do general siro Naamã, inimigo de Israel, que alcançou cura por ter sido levado a exercer fé em Deus com simplicidade (Lc 4.27-30). Os judeus ficaram tão irados que o expulsaram da cidade e queriam matá-lo, tentando precipitá-lo do alto de um monte. Mas Jesus escapou e seguiu em frente. Parece o caso de “muito barulho por nada”, mas não é. Aqui estava estabelecida uma questão central da fé. Por isso vamos contar a história toda, a seguir.

O general Naamã era o comandante do exército do rei da Síria. Era poderoso, mas tinha um grande problema: havia contraído lepra. Ele tinha pouco tempo de vida e seu prestígio estava minguando. Nisso, uma menina israelita, sua escrava e criada, lhe apresentou a mensagem de que havia em Israel um profeta de Deus que podia curá-lo. Ele juntou presentes finos e muito dinheiro, e partiu ao encontro do profeta Eliseu. A mensagem que o profeta lhe deu foi simples e direta: “Vai, lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será restaurada, e ficarás limpo”.

Naamã ficou indignado, e reclamou: “Pensava eu que ele sairia a ter comigo, por-se-ia de pé, invocaria o nome do Senhor, seu Deus, moveria a mão sobre o lugar da lepra e restauraria o leproso”. Nisso, os seus oficiais lhe disseram: “Meu pai, se te houvesse dito o profeta alguma coisa difícil, acaso, não a farias? Quanto mais, já que apenas te disse: Lava-te e ficarás limpo”. Então, Naamã fez o que lhe dissera o profeta de Deus e ficou totalmente curado. Depois disso, ele afirmou: “Reconheço que em toda a terra não há Deus, senão em Israel”. (2 Re 5.1-15)

Moral da história: enquanto o profeta de Deus queria que Naamã exercesse uma fé simples, este queria espetáculo. Mas foi só depois de fazer “consoante a palavra do homem de Deus” que Naamã recebeu a sua bênção.

É assim com o Evangelho de Jesus Cristo: sua mensagem é simples e descomplicada, cuja linguagem é compreensível até mesmo às crianças. A resposta óbvia que a mensagem do Evangelho exige de cada pessoa deve ser imbuída de uma fé igualmente simples, mas nunca simplista. A experiência nos ensina, porém, que muitos não conseguem entender que as exigências esdrúxulas e mirabolantes, muitas vezes apresentadas como “mensagens evangélicas”, nada têm a ver com o verdadeiro Evangelho.

Se o Evangelho fosse complicado, talvez fosse mais palatável aos afeitos a enfrentar desafios pessoais difíceis. Se dependesse de grandes exercícios intelectuais, talvez fosse considerado suficientemente culto para os que se gloriam no próprio saber. Se dependesse de investimento financeiro e pudesse ser comparado a uma apólice, talvez os ricos estivessem dispostos a pagar grandes somas para conseguir bênçãos.

O Evangelho tem uma marca: tudo o que tinha de ser feito para que a nossa comunhão com Deus fosse reatada, já foi realizado por Jesus na cruz. Ele mesmo disse: “Está consumado!”. Essa é a boa notícia: o Evangelho “é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê” (Rm 1.16). O Evangelho é a “boa notícia” de que somos salvos pela graça. O que Deus requer de cada pessoa é a simplicidade da fé devida ao Evangelho.

Infelizmente, alguns líderes religiosos abusam da credulidade do povo, em vez de levarem as pessoas ao exercício de uma fé simples; complicam tudo e as remetem aos esforços pessoais que em nada aproveitam. Bem disse o sábio Salomão: “Tudo o que eu aprendi se resume nisto: Deus nos fez simples e direitos, mas nós complicamos tudo” (Ec 7.29).

O Evangelho de Jesus é simples, mas deveras exigente. A porta e o caminho para a vida eterna são estreitos e sem atalhos (Mt 7.13,14). Os religiosos tentam alargá-los, mas isso só resulta em perdição. Deus quer que você apenas exerça sua fé com simplicidade.

Samuel Câmara
Pastor da Assembleia de Deus em Belém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What are Vulkan Runtime Libraries and Should I remove it? If you have this question, this post is what you are looking for. 192.168.1.1 in Some shops might find that items that have not marketed for various months may possibly provide in a subject of a working day or two once they are in the discounted closeout area.